Cirurgias

Outros Tratamentos para Impacto Femoroacetabular

O Impacto Femoroacetabular pode ser abordado cirurgicamente por vias convencionais – sem o auxilio do vídeo-artroscópio.

  • Luxação cirúrgica do quadril
    A primeira técnica descrita para este fim é a Luxação cirúrgica do quadril, na qual o cirurgião remove a cabeça do fêmur do contato com o acetábulo, de maneira a obter acesso de 360o ao acetábulo e quase 360o na cabeça femoral. É o acesso que oferece visualização mais completa da região. Tem sido preteria por cirurgiões e pacientes por ser cosmeticamente inferior, pois envolve uma incisão de mais de 10 cm.

  • Mini-open anterior
    A técnica envolve uma pequena incisão na região anterior do quadril, e oferece ótima visualização para a parte da frente do fêmur e acetábulo. É menos invasiva que a luxação cirúrgica, e provavelmente, menos dolorosa. No entanto, tem acesso limitado para a parte posterior do quadril.

    É tecnicamente mais fácil do que a artroscopia.

    Abaixo mostro a diferença nas cicatrizes da mini-open (à esquerda) e da artroscopia (à direita).

    1Diferença nas cicatrizes da mini-open (à esquerda) e da artroscopia (à direita)
    Fig. 1 - Diferença nas cicatrizes da mini-open (à esquerda) e da artroscopia (à direita)

Atendimento

SEGUNDA A SEXTA-FEIRA
8h às 12h - 14h às 18h

CENTRO CLÍNICO MÃE DE DEUS

Rua Costa, 30 | Sala 806
Bairro Menino Deus
Porto Alegre | RS

COMO CHEGAR

Contato

Fone: 51 3230 266151 3230 2661

contato@ramirozilles.com.brcontato@ramirozilles.com.br

Envie uma mensagem:Envie uma mensagem: