Doenças e Lesões do Quadril

Artrose

O que é?

Osteoartrite, também chamada de osteoartrose (ou simplesmente, artrose) é a mais prevalente doença articular, afetando mais de 10% da população mundial, acima dos 60 anos. Trata-se de uma doença crônica, degenerativa, evolutiva. Pode afetar qualquer articulação, mas é mais frequente nos quadris, joelhos e mãos.

Sintomas

A osteoartrite do quadril costuma causar dor e limitação de amplitude de movimento, prejudicando a deambulação (ato de caminhar) e várias atividades do cotidiano. A dor típica é na região anterior do quadril, que piora com o movimento e com o apoio do membro inferior afetado. Várias outras doenças articulares, extra-articulares, de órgãos e tecidos adjacentes e distantes do quadril podem causar dor nessa região, dificultando o diagnóstico.

Fatores de Risco

Existem muitos fatores de risco e predisponentes para artrose, os mais importantes serão abordados abaixo:

  • Idade: é o fator de risco mais claramente associado a artrose, iniciando, em casos idiopáticos (sem causa identificada) a partir dos 40 anos. Casos de pessoas com menos de 35 anos, devem ser exaustivamente investigados para causas secundárias de artrose.
    Obesidade: o aumento de peso está claramente associado a maior risco de artrose, especialmente no joelho.
    Genética: estudos com gêmeos apontam para alta influência familiar
    Estresse Biomecânico Articular: Fraturas articulares prévias, deformidades congênitas ou adquiridas estão claramente associadas à osteoartrite, e à sua incidência precoce. Muitas delas podem ser abordadas cirurgicamente, prevenindo ou retardando a progressão para a artrose franca.
Diagnóstico

Após a suspeita clínica, o médico pode requisitar alguns exames pra confirmar o diagnóstico de artrose e diferenciá-lo de outras causas de dor no quadril.

O Raio-x segue sendo o exame padrão para o diagnóstico, mas pode não ser capaz de detectar casos precoces.

A Ressonância Magnética identifica várias causas de dor no quadril, e dectecta artrose mais precocemente. No entanto, trata-se de um exame caro e desconfortável – em especial para pacientes com claustrofobia.

A cintilografia é um exame que pode identificar artrose, mas é mais comumente usado para pesquisar outras doenças.

Exames de sangue – podem ser necessários para diferenciar a osteoartrite de doenças reumáticas inflamatórias.

Tratamento

Até a presente data, não existe cura medicamentosa para a osteoartrite, portanto, o tratamento visa aliviar os sintomas, e evitar – ou retardar - a progressão da doença.

Inicialmente são indicadas medicações de várias classes, terapias físicas e mudanças de hábito. Em um segundo estágio, pode se lançar mão de medicações intra-articulares – infiltrações com corticóides, anestésicos ou ácido hialurônico. Quando o estas abordagens não são mais capazes de oferecer boa qualidade de vida ao paciente, pode estar indicado o tratamento cirúrgico.

Reduzir o estresse (carga) nas articulações reduz a dor e pode interferir positivamente na progressão da doença: pacientes obesos se beneficiam da redução de peso; o uso de uma muleta no lado contrário ao da artrose, pode reduzir a carga na articulação em 30 a 60%; ajustes no sapato e palmilhas também podem ser úteis para melhor distribuir a carga.

Nos casos de deformidades que levam à artrose - tanto de nascença quanto adquiridas - existem inúmeros procedimentos cirúrgicos que podem ser valiosos para a prevenção da progressão da doença. O objetivo nesses casos, também é a melhora na distribuição de forças sobre a articulação.

Dentre as opções cirúrgicas, estão as cirurgias preservadoras do quadril , e a artroplastia de quadril.

Abaixo cito as situações mais comuns:

Cirurgias preservadoras do quadril

As cirurgias preservadoras, são aquelas em que a articulação não é substituída por componentes protéticos. Essas técnicas visam corrigir deformidades ósseas e tratar lesões de partes moles do quadril. Dentre as principais indicações estão o impacto femoroacetabular, a lesão do labrum acetabular, as deformidades da infância como epifisiólise do fêmur proximal, displasia do desenvolvimento do quadril e doença de Legg-Perthes-Calvé.

  • Artroscopia de quadril
    Atualmente, a grande indicação de artroscopia de quadril é o impacto femoroacetabular e a lesão do labrum acetabular.
  • Osteotomias
    Osteotomias são procedimentos no qual o cirurgião realizar cortes programados no osso, de forma a realinhá-lo. Para as doenças e deformidades do quadril, podem ser realizados no fêmur e/ou na bacia.
  • Artroplastia total do quadril
    É o nome dado ao procedimento no qual o cirurgião substitui a articulação por uma prótese de quadril.

Atendimento

SEGUNDA A SEXTA-FEIRA
8h às 12h - 14h às 18h

CENTRO CLÍNICO MÃE DE DEUS

Rua Costa, 30 | Sala 806
Bairro Menino Deus
Porto Alegre | RS

COMO CHEGAR

Contato

Fone: 51 3230 266151 3230 2661

contato@ramirozilles.com.brcontato@ramirozilles.com.br

Envie uma mensagem:Envie uma mensagem: